A CMB e as ações de combate ao Aedes Aegypti

A Casa da Moeda do Brasil (CMB) participa ativamente do Plano Nacional de Enfrentamento ao mosquito Aedes Aegypti. Desde o final de janeiro a empresa atendeu à convocação do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST), vinculado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, para o engajamento de todas as empresas públicas federais no combate ao mosquito.

Nesse período – janeiro a abril – a CMB criou um Grupo de Trabalho (GT), coordenado por Marcos Pereira, Superintendente do Departamento de Meio Ambiente e Qualidade (DEMAQ), para planejar e monitorar as ações internas na Casa. O GT elaborou um Plano de Ação para todas as instalações da empresa: parque fabril em Santa Cruz, escritórios comerciais do Flamengo (Rio de Janeiro) e do Distrito Federal e o prédio da Praça da República que está em fase de restauração.

Veja abaixo os destaques das atividades previstas no Plano de Ação da CMB, já realizadas ou em curso:

  • Mutirão para vistoriar todas as áreas externas da CMB, com a participação de cerca de 100 voluntários.
  • Distribuição intensiva de milhares de informativos eletrônicos e centenas de cartazes e panfletos para os empregados e terceirizados com orientações para o combate ao mosquito.
  • Intensificação das ações da empresa contratada para o combate químico ao Aedes Aegypti, com a utilização do fumacê e aplicação de larvicida.
  • Realização de duas palestras com especialistas para treinamento de 187 empregados e terceirizados no combate ao mosquito (na empresa e residências).
  • Parceria com a Associação das Empresas do Distrito Industrial de Santa Cruz (AEDIN) para promover ações de prevenção ao Aedes Aegypti em todo o entorno da CMB.
  • Articulação permanente com a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República e ministérios da Saúde e do Planejamento para alinhamento com os conteúdos da campanha nacional e inserção de dados no Sistema Informatizado de Monitoramento da Presidência da República (SIM/PR).

Balanço Nacional:

O governo federal apresentou um balanço nacional, no dia 12 de março, das ações já executadas por toda a Administração Pública Federal, com base nos dados do Sistema Informatizado de Monitoramento da Presidência da República (SIM-PR).

  • Vistorias realizadas: 18.302 imóveis da União, incluindo ministérios, fundações, autarquias e estatais (universo total de 45.083 imóveis).
  • Servidores e empregados públicos treinados: 251.649 (universo total de 722.911).
  • Durante as vistorias foram identificados focos do mosquito em 1,6 mil imóveis (3,36%). A meta é reduzir o índice de infestação para menos de 1% (índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde – OMS).