Resíduos Sólidos

A Gestão de Resíduos Sólidos da CMB é parte integrante das ações estratégicas voltadas para a sustentabilidade. Alinhada aos princípios e diretrizes da Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS, instituída pela Lei nº 12.305/2010, a Casa da Moeda mantém um contrato para prestação de serviços de Gerenciamento Total de Resíduos, o qual engloba desde a classificação dos resíduos gerados em nossas instalações até o transporte e a destinação final.

A CMB também dispõe de uma Central de Resíduos em seu parque fabril, em uma área de aproximadamente 5.200m2, contando com toda a infraestrutura necessária para a correta segregação, pesagem e armazenagem temporária dos resíduos industriais e recicláveis.

Com equipe técnica própria de profissionais capacitados na área ambiental, atuamos no desenvolvimento de estudos de viabilidades para redução da geração de resíduos e a destinação mais eficiente dos mesmos, com foco na minimização dos impactos ambientais negativos e até mesmo para identificação de oportunidades de geração de valor. Dentre as mais recentes alterações promovidas, destacamos a substituição do envio de resíduos orgânicos (sobras de alimentos e podas de árvores) de aterro sanitário para o processo de compostagem, no qual são produzidos adubos orgânicos, que retornam à CMB para serem utilizados nas áreas verdes do parque fabril.

Alinhada aos princípios e metas da Agenda Ambiental da Administração Pública Federal, a CMB mantém participação ativa no Programa de Coleta Seletiva Solidária, através de doação de resíduos recicláveis à Cooperativa de Catadores, contribuindo para a inclusão social e econômica desses trabalhadores.


Central de Resíduos da CMB
Central de resíduos CMB – segregação de recicláveis.


Central de Resíduos da CMB
Compostagem de resíduos orgânicos gerando adubo que é utilizado no parque fabril.